Chemyunion agosto/20
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Food InnovationBebidas InternacionalEmpresa de café vegano levanta US$ 2,2 milhões

Empresa de café vegano levanta US$ 2,2 milhões

  • Written by:

A empresa Taika que produz café vegano levantou US$ 2,2 milhões em uma rodada de investimentos, liderada pela Obvious Ventures. Também participaram a Kindred Ventures, Human Ventures e a Quiet Capital, além de investidores anjos

Alguns dos investidores anjos foram: Alexia Brue (co-fundadora da Well + Good), Sophia Amoruso (fundadora e CEO da Business Class), Ryan Tedder (vocalista do One Republic), Walter Robb (antigo co-CEO da Whole Foods) e o Sean Tsao (co-fundador da Caviar e proprietário da Halal Guys).

No portfólio da marca estão o leite de macadâmia e o leite de aveia. Também vendem o café preto (sem adição de açúcar e leite), e com o valor recebido dessa rodada a empresa também lançou o Matcha latte (feito com leite de macadâmia).

É dito em um comunicado da empresa: “Nossos lattes são feitos com bases plant-based 100% naturais e não contêm conservantes”. Além disso, os cafés utilizam cogumelos funcionais e adaptógenos que são compostos naturais para aumentar a resistência do corpo.

O CEO e co-fundador da Taika, Michael Sharon, falou para a PR Newswire sobre o assunto: “Estamos entusiasmados em continuar a parceria com a Obvious Ventures, que tem um longo histórico de apoio a empresas transformadoras e positivas para o mundo, como Beyond Meat e Miyoko’s”.

Acrescentando: “Também estamos muito satisfeitos em continuar trabalhando com Kindred Ventures, Human Ventures and Quiet Capital, bem como nosso grupo estelar de investidores anjos”.

Sobre o novo produto Matcha Latte, ele declarou: “Nosso novo Matcha Latte adaptogênico […] se baseia em nossa linha de produtos existente de bebidas incrivelmente deliciosas e perfeitamente calibradas que são autenticamente boas para você”.

O produto Matcha Latte

Esse produto é cultivado em Aichi e Kagoshima, áreas valorizadas para esse tipo de produção no Japão, e é originário de um produtor que tem 100 anos de atuação nesse segmento.

O co-fundador e chefe de produto da Taika, Kal Freese, explicou para o veículo: “Embora muitas outras bebidas enlatadas de matcha usem matcha não orgânico de qualidade culinária, fornecemos os melhores ingredientes que podemos encontrar, o que inclui testar o sabor às cegas em dezenas de chás e transformá-los em deliciosos e saudáveis ​​alimentos prontos para o consumo, bebidas com processamento mínimo e sem conservantes”.

O Matcha Latte possui 60 mg de cafeína por lata, o que seria metade da quantidade dos cafés da marca.

 

 

 

 

Fonte: Vegan Business 27.08.2021

Comments are closed.

Rodapé