Chemyunion FI 0820
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Food InnovationAlimentos InternacionalSuécia tem o maior consumo de orgânicos no setor público entre os países nórdicos

Suécia tem o maior consumo de orgânicos no setor público entre os países nórdicos

  • Written by:

Um estudo feito pela Universidade de Copenhagen revelou que a Suécia está à frente da Dinamarca e da Noruega no consumo de alimentos orgânicos em locais de trabalho do setor público nórdico

A pesquisa compara o desempenho dos três países na introdução de mais alimentos orgânicos em seus setores públicos e detalha o potencial para expandir a conversão para serviços de alimentação orgânica.

Atualmente, os governos da Dinamarca, Noruega e Suécia trabalham para aumentar a quantidade de alimentos orgânicos servidos nas cozinhas dos hospitais, creches, cantinas e outras instituições.

De acordo com o estudo, os orgânicos representam 39% da alimentação do setor público da Suécia. Enquanto na Dinamarca e Noruega equivalem a 22% e a 1%, respectivamente. O sucesso na estratégia sueca tem sido estabelecer metas concretas.

Para o professor e autor da pesquisa Carsten Daugbjerg, a experiência sueca demonstra que grandes volumes de compras de alimentos orgânicos podem ser alcançados nacionalmente no setor público.

“Ao mesmo tempo, os suecos enquadraram os orgânicos em um contexto mais amplo, ligando os alimentos orgânicos à saúde pública”, afirma o professor Carsten Daugbjerg, que está por trás do relatório. “A Suécia em particular, mas também a Dinamarca em parte, devem ser considerados países com histórico de sucesso na introdução de refeições orgânicas no setor público, enquanto os esforços da Noruega parecem ter falhado”.

Daugbjerg analisa que o esforço para colocar alimentos orgânicos nas cozinhas do setor público na Dinamarca tem sido maior do que na Suécia, um esforço que conseguiu vincular alimentos orgânicos e sustentabilidade, por exemplo. No entanto, o esforço para vincular os alimentos orgânicos à saúde tem sido mais fraco na Dinamarca do que na Suécia.

 

 

 

 

 

Fonte: Organics News Brasil 09.02.2021

Comments are closed.

Parceiros