Chemyunion FI 0820
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Food InnovationDestaques Empresas & NegóciosCarrefour cria ferramenta para escolher alimentos mais equilibrados e baratos

Carrefour cria ferramenta para escolher alimentos mais equilibrados e baratos

  • Written by:

O Carrefour apresentou esta manhã a Nutri Escolha, uma funcionalidade do aplicativo Meu Carrefour para ajudar o consumidor a fazer escolhas de produtos mais equilibrados nutricionalmente e mais baratos. A novidade está disponível no site da empresa e no app para Android e para iOS

A ferramenta nasce com a premissa de que a informação nutricional pode ajudar o consumidor a fazer escolhas mais conscientes para a mudança de hábitos alimentares.

O algoritmo tem duas etapas. A primeira usa a metodologia independente Nutri Score e traduz a tabela nutricional em uma pontuação que classifica os produtos de A até E. A segunda fase considera os preços dos produtos nas lojas físicas ou e-commerce Carrefour. A ferramenta cruza os dados, trazendo sugestões de itens da mesma categoria com melhor ou igual pontuação nutricional e com melhor preço.

Paulo Farroco, CIO do Grupo Carrefour, comenta o desenvolvimento do trabalho. “Desde o início do projeto, envolvemos equipes multidisciplinares de Tecnologia, Inovação e Marketing que se empenharam de forma transversal, proporcionando agilidade para as soluções que garantem hoje a experiência de uma navegação amigável, com layout intuitivo e foco em resolver as dores do cliente”, diz.

Para os clientes que já são cadastrados no Meu Carrefour e realizam compras nas lojas ou no e-commerce da rede, ao usar o aplicativo, o Nutri Escolha exibirá a funcionalidade Lista de Sugestões, com o histórico de compras recentes do cliente e trazendo alternativas mais baratas e com igual ou melhor pontuação nutricional. A lista também mostrará o percentual de desconto possível, considerando apenas produtos elegíveis ao Nutri Escolha e cabendo ao consumidor a decisão de quanto quer economizar.

A funcionalidade nasce com 10 mil produtos já integrados. A expectativa é chegar a 16 mil nos próximos dois meses. Os itens alcançam 70 categorias de perecíveis e produtos de grande consumo. Itens livres de glúten e lactose ganham destaque, com sinalização em forma de selo ilustrativo ao lado do item. Outras funcionalidades e produtos serão agregados.

Luis Moreno, CEO do Carrefour Varejo, ressalta que o Nutri Escolha não substitui o acompanhamento de um profissional da área nutricional, mas apenas auxilia nas escolhas do consumidor, com mais informação e visibilidade. “Não diremos ao cliente o que ele deve ou não comprar. Iremos empodera-lo com opções que unam valor nutricional e preços baixos”, afirma.

De acordo com o executivo, a funcionalidade está alinhada com o fortalecimento de todo o ecossistema Carrefour, reforçando o pilar de Transformação Digital do Grupo e ampliando sua estratégia de omnicanalidade. “Queremos cada vez mais nos posicionar como líder do movimento de transição alimentar no Brasil e entendemos que tecnologia e inovação são fortes aliadas para termos formatos cada vez mais interligados, proporcionando uma experiência de compra fácil e confortável aos nossos clientes, ao mesmo tempo em que aumenta as oportunidades de conexão e fidelização com nossa marca”, afirma.

Escolhida como metodologia usada, o Nutri Score foi criado pelo Ministério da Saúde da França em 2017 e é mais difundida no mundo. Desde 2018, diversos países da União Europeia, estudos científicos e associações de nutrólogos, como a Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), recomendam sua utilização.

O sistema tem cinco letras e cinco cores para medir os valores da tabela nutricional do produto. Sempre comparados numa porção equivalente de 100g/ml, esses valores são incorporados a um algoritmo científico, que considera os nutrientes: fibras, proteínas e porcentagem de FLV – frutas, legumes, verduras, castanhas em geral e óleos -, e aqueles que devem ser consumidos com moderação, além de valor energético por porção, açúcares, gorduras saturadas e sódio. A avaliação vai de A (melhor perfil nutricional) até E (escolhas a serem consumidas com moderação).

Para oferecer transparência e mesmos critérios de avaliação, o algoritmo Nutri Score tem o cálculo aberto para consulta pública.

Para desenvolver a iniciativa e ampliar os produtos cadastrados, o varejista reforçou sua comunicação com fabricantes da indústria de alimentos e bebidas para conscientizá-los sobre a colaboração.

Com base na metodologia Nutri Score, algumas categorias de produtos serão classificadas como exceção (não elegíveis) por não terem como ser calculadas pelo algoritmo do modelo: carnes, frutas, legumes, verduras, adoçante, sal e bebidas alcoólicas. Nesse caso, aparecem informações gerais e preço.

 

 

 

 

 

Fonte: PROPMARK 08.06.2021

Comments are closed.

Rodapé