Chemyunion FI 0820
Visit Us On TwitterVisit Us On FacebookVisit Us On LinkedinVisit Us On Instagram
Food InnovationAlimentos Internacional VarejoVarejo do Brasil está comprando mais bebidas e alimentos italianos

Varejo do Brasil está comprando mais bebidas e alimentos italianos

  • Written by:

O setor italiano de enogastronomia exportou para o Brasil  mais de US$ 231 milhões em alimentos e bebidas em 2020, um avanço de 1,06% em relação a 2019, apesar das dificuldades impostas pela pandemia e do fechamento temporário de bares e restaurantes, importante canal de distribuição de produtos oriundos da Itália

“Identificamos que esse incremento se deve, sobretudo, ao isolamento causado pela pandemia de Covid-19, que forçou quem estava acostumado a consumir em restaurantes a fazer as refeições em casa”, explica Ferdinando Fiore, diretor para o Brasil da ITA – Italian Trade Agency .

Os alimentos italianos mais importados pelo Brasil no ano passado foram massas (23,5 mil toneladas), tomates e molhos (21,4 mil toneladas), kiwi (11,2 mil toneladas), azeite de oliva (4,6 mil toneladas) e farinhas (4,4 mil toneladas). As empresas brasileiras também adquiriram volumes importantes de produtos fabricados na Itália de categorias como chocolates (2,9 mil toneladas), pães, doces e biscoitos (2,8 mil toneladas) e vinagres (912,3 mil litros).

Já entre os produtos italianos com maior crescimento das importações em valor, na comparação com 2019, figuram pães, doces e biscoitos, que somaram US$ 14.781.507, com aumento de 54,8%; presuntos e embutidos, US$ 1.667.747 (+31,4%); arroz e preparações para risoto, US$ 7.888.148 (+28,9%); farinhas, US$ 2.913.592 (+20,3%) e azeites de oliva, US$ 19.667.608 (+10,39%).

Durante os primeiros dias de pandemia, a ITA criou o B2B 365 Smart, projeto embrionário que ganhou impulso e hoje é um dos principais canais de comunicação das novidades de empresas italianas. Entre os dias, 15 a 19,  por exemplo, será realizada rodade de negócios B2B com a participação de cerca de 500 empresas italianas de alimentos e bebidas e de compradores de 30 países. Do Brasil, já estão confirmados 20 das maiores cadeiras de supermercados do país e também de empresas de importação e distribuição.

Outro fator que contribuiu para a elevação das vendas e o maior engajamento dos consumidores brasileiros foi a realização da campanha “Sabores da Itália” , coordenada e realizada pela ITA, com o objetivo de promover e valorizar a produção Made in Italy e o modo de viver italiano.

 

 

 

 

Fonte: SA Varejo 26.02.2021

Comments are closed.

Parceiros